sábado, 5 de outubro de 2013

Spiranthes aestivalis

http://insectosaflorir.blogspot.com.br/2007/07
/quando-o-calor-aperta-spiranthes.html


Ficheiro:Spiranthes aestivalis Blütenstand.jpg
http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Spiranthes_aestivalis_Bl%C3%BCtenstand.jpg


http://www.orchidsofbritainandeurope.co.uk/Spiranthes%20aestivalis.html


http://insectosaflorir.blogspot.com.br/2007/07/quando-o-calor-aperta-spiranthes.html
http://www.orchidsofbritainandeurope.co.uk/Spiranthes%20aestivalis.html

File:Spiranthes aestivalis Berchtesgadener Alpen.jpg

http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Spiranthes_aestivalis_Berchtesgadener_Alpen.jpg


 Spiranthes aestivalis é  uma das orquídeas silvestres mais raras em Portugal, sendo uma espécie protegida, como em toda a Europa. Está incluída no Anexo B-IV do Decreto-Lei 140/99, de 24 de Abril (Espécies animais e vegetais de interesse comunitário que exigem uma protecção rigorosa), decorrente da Directiva do Conselho Nº92/43/CEE, de 21/05/92, no seu Anexo IV.

Esta bela orquídea é uma planta de pequeno porte, de flores brancas e perfumadas,  que floresce em pleno Verão, desenvolvendo-se, preferencialmente, em ambientes com alguma humidade.


Esta é uma das poucas espécies de orquídeas que florescem no outono. É muito característica sua inflorescência porque as flores, que são pequenas e de cor amarela, estão dispostas em uma espiral sobre a haste.
É uma das orquídeas mais raras de Portugal, sendo protegida por lei tanto no país como em vários outros países da Europa.

Em castelhano é chamada de "Tranças de Menina" (Trenzas de Muchacha, no original) 1. Em Portugal, pode ser encontrada pelo nome de "Trança-de-dama-estival.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário.