domingo, 2 de junho de 2013

Dendrobium chrysoglossum

Dendrobium chrysoglossum
http://akabira-orc.jugem.jp/?cid=7
Dendrobium chrysoglossum 'Marge Soule', CHM / AOS
Dendrobium chrysoglossum
'Marge Soule', CHM / AOS, cresceu 
Lee Soule, fotografia de direitos autorais, 
Charles M. Fitch.
Dendrobium pseudoglomeratum é uma espécie surpreendente da Nova Guiné sobre a qual tem havido alguma confusão. É mostrado duas vezes na página 40 do livro de Andree Millar (1978), sob o nome de D. glomeratum e D. chrysoglossum. A confusão sobre as três espécies foi finalmente resolvida por Reeve e Wood (O Orchadian, vol.1, 113), onde D. 
pseudoglomeratum foi descrita pela primeira vez. 

É uma epífita robusta cujas  hastes podem atingir um metro e com leves edemas nas bases do tronco. As folhas verde-escuras finas são produzidas ao longo do comprimento do tronco, e os caules mais velhos são cobertos com bainhas de folhas secas. 

As muitas inflorescências são produzidas a partir dos nós de nível superior das hastes mais velhas (arranjado um pouco como D. smillieae ) com os lábios laranja ou vermelho-alaranjado mais alto e as pétalas de rosa suave e sépalas embaixo. Ela pode ser encontrada em floração em qualquer época do ano, e cada descarga dura até dois meses. 

É bastante difundida em Papua Nova Guiné e Irian Jaya, onde é encontrada numa gama de 3.400 a 5.500 pés de elevação. Ela difere agudamente de D. glomeratum de três maneiras: ela tem um rostellum triangular,  as flores decorrem só da desfolhada  e é de muitas flores.

FONTE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário.